17
Març

Dicas para organizar o estoque

Saber organizar o estoque de uma empresa pode ser a chave para evitar diversos problemas no funcionamento da organização. Um estoque bem organizado e estruturado pode diminuir os custos da empresa, otimizar o espaço disponível e evitar o desperdício de mercadorias.

Por mais que pareça uma tarefa complicada, organizar o estoque da sua empresa não é tão difícil assim. Para te provar isso, a Simaq preparou esse artigo, com algumas dicas para organizar o estoque de maneira eficaz e contribuir para o controle de gastos e aumento dos lucros da sua empresa.

Organizar o estoque não é complicado

7 dicas para organizar o estoque

1- Identifique e controle a saída de todos os itens do seu estoque

O primeiro passo para organizar o estoque da sua empresa é tomar conhecimento de tudo o que está armazenado. Se você não tem esse controle, é preciso fazê-lo o mais rapidamente possível. Não saber o que está em estoque pode gerar custos adicionais ao adquirir um produto que, talvez, já esteja armazenado. Sendo assim, registre todos os produtos, a quantidade disponível de cada um e, preferencialmente, crie grupos nos quais eles sejam classificados. Dessa forma, você terá um controle muito maior sobre quais mercadorias estão em falta e devem ser encomendadas, as que estão muito tempo paradas, as que saem em maior quantidade e as que possuem uma venda baixa.

Uma boa maneira de separar os produtos é criando códigos para identificá-los e cadastrar todos os produtos iguais com o mesmo código. Assim, será muito mais fácil saber a quantidade de produtos restantes e definir uma periodicidade para que os pedidos junto ao fornecedor sejam feitos.

2- Mantenha a disciplina nas tarefas do estoque

Possuir uma disciplina para a realização das tarefas é crucial para organizar o estoque. Defina dias e horários para realizar os pedidos, receber mercadorias, armazenar os produtos em seus devidos lugares e abastecer a área de vendas. Sem disciplina para a realização dessas tarefas, muitas informações importantes podem ser perdidas e a organização do estoque pode fugir do controle. Treine e oriente o pessoal para que os horários definidos sejam cumpridos rigidamente e converse com os fornecedores, para que as entregas sejam previamente agendadas, a fim de evitar dores de cabeça desnecessárias.

3- Promova o giro dos produtos

Se existe alguma peça encalhada no estoque, é porque alguma coisa está errada com relação a ela. Talvez seja o preço, que está muito elevado, ou a qualidade do produto que é inferior. De qualquer forma, é preciso descobrir a razão de esse produto não estar sendo vendido como deveria e encontrar uma forma para que ele apresente saída. Mercadorias encalhadas ocupam lugar no estoque, podem acabar apresentando avarias por causa do armazenamento prolongado e, principalmente, é dinheiro investido que não apresenta retorno. Para promover giro no estoque, organize saldões e ofereça os produtos com valor mais baixo. Mesmo que haja uma diminuição nos lucros esperados, é uma forma de não acabar tendo os prejuízos ainda maiores e liberar espaço para que novos produtos sejam armazenados. Organizar o estoque envolve também encontrar soluções para os produtos que vendem menos do que o esperado.

4- Defina a quantidade necessária de estoque

Para conseguir saber a quantidade necessária de estoque, é fundamental conhecer muito bem os produtos que a sua empresa comercializa. Somente assim é possível calcular a demanda, realizar as compras e organizar o estoque de maneira que nenhum produto fique encalhado ou acabe sofrendo algum tipo de avaria. Existem diversos cursos e livros que ensinam a calcular a demanda de um produto, baseado em contas simples de compra e venda. Observar o tempo que a mercadoria demora para ser vendida desde o dia em que é entregue também ajuda a definir a quantidade que deve ser pedida para que não falte, mas não fique por muito tempo armazenada. Adquirir os produtos do fornecedor de acordo com a demanda é a chave para um estoque organizado, sem excessos e sem perda de clientes por falta de mercadorias.

5- Crie uma rede de fornecedores confiáveis

É muito importante que a escolha dos fornecedores seja feita com base em vários fatores além do preço. É claro que preço baixo é um grande atrativo, mas, é ainda mais importante contar com fornecedores confiáveis, que cumpram prazos e ofereçam garantias da qualidade do produto. Principalmente quando se quer manter um estoque bem organizado, já que ter o controle sobre os dias das entregas influenciam diretamente nessa organização. Portanto, busque apenas fornecedores que garantam a entrega dentro do prazo e busquem atender às suas solicitações sempre que possível, afinal, você é o cliente e merece ser levado em consideração.

6- Utilize um modelo de reposição

Existem 2 tipos de reposição: contínua e periódica. A reposição contínua é aquela em que os produtos são comprados com uma frequência maior, já que apresentam uma maior saída, precisam ser repostos com frequência e as estocagens são maiores. Nesse tipo de reposição, os custos de armazenagem são reduzidos e perdas são evitadas. Todavia, os gastos com compras são maiores, já que as chances de redução de preço por parte dos fornecedores é muito menor. Já a reposição periódica é feita em uma data determinada previamente, há uma abertura para negociações maior e engloba, em sua maioria, mercadorias com preço mais elevado e pouca saída. A desvantagem desse tipo de reposição é que, caso haja um aumento repentino nas vendas, as chances de não haver mercadoria disponível é muito grande.

Para organizar o estoque, é preciso classificar os produtos oferecidos pela sua empresa também pelo tipo de reposição, para que os produtos com grande saída estejam sempre em quantidade suficiente e os com saída menor não fiquem encalhados.

7- Compre ou alugue equipamentos

Para organizar o estoque de maneira eficiente, a fim de que os produtos sejam armazenados de maneira correta e não haja avarias, é indispensável estruturá-lo de maneira adequada. Para facilitar a estruturação e organização do estoque, existem máquinas próprias para a carga e descarga de mercadorias, que são as empilhadeiras, e as recomendadas para movimentar as mercadorias por todo o espaço onde o seu estoque está instalado, que são as paleteira. Fazer uso desses equipamentos é uma maneira de estruturar os estoques, sejam verticais ou horizontais, de maneira mais rápida, seguro e eficiente.

Se você busca organizar o estoque da sua empresa de maneira eficiente, a fim de diminuir os custos e prejuízos causados pela armazenagem inadequada, compre ou alugue empilhadeira e paleteira com a Simaq! Temos 30 anos de experiência com aluguel, venda e manutenção de empilhadeiras e paleteiras e estamos prontos para atender às necessidades do seu negócio. Conte com nossas máquinas para manter o estoque da sua empresa organizado! Entre em contato e peça o seu orçamento!

Nos siga em